Contagem

Eduardo Lima vence em Laguna e pode conquistar campeonato por antecipação!


Chegamos a quinta etapa da temporada, agora num circuito muito técnico e de difícil ultrapassagem. O palco agora é em Laguna Seca onde temos a famosa curva do saca-rolha.
Tivemos algumas ausências importantes nessa etapa como Ítalo Almeida, Daniel Ramos e João Santos mas mesmo com essas ausências tivemos belas disputas. A pole position ficou mais uma vez com Eduardo Lima que encaixou uma excelente volta somente no qualy, cravando 1.25.290. Ao seu lado ficou Sergio Buch da Fiba Racing com 1.25.916.
O pelotão da frente passou bem pela primeira curva mas houve vários incidentes no pelotão de traz.
Enquanto os quatro primeiros vão se distanciando a frente. Eduardo liderando, seguido pela Fiba Racing e Hiago Piloni em quarto.

Christian Jardim em quinto,  saindo do saca-rolha perseguido por Marcos Barbosa.
Um 3-wide na curva zero entre Claudio, Marcelo e Borato.

Luciano Tulio também entra na disputa na curva 1
Marcos Barbosa assume a quinta posição, Rafael em sexto e Christian se defende de Henrique Ferreira.

Luciano escapa enquanto perseguia Claudio Araujo.
Henrique também roda quando estava em oitavo lugar.
Eduardo mantém vantagem para os carros da Fiba.
Marcos Barbosa perde posições para Rafael e Henrique Ferreira.
Disputa eletrizante entre Alexandre e Dyon Peterson descendo a ladeira após o saca-rolha.
Hiago luta pela terceira posição contra Osni Kniess. Laika x Fiba.
Claudio Araujo roda quando pressionava Marcos Barbosa pela oitava posição.
Luta feroz entre Christian Jardim e Henrique Ferreira pela quinta posição.
Na última volta Henrique e Christian, com pneus totalmente gastos perdem as posições para Rafael Alves que assume a quinta posição.
E a chegada foi no foto-finish entre Barbosa e Christian Jardim, com Henrique a frente na sexta posição.
Fim de prova com a quarta vitória de Eduardo Lima que pode confirmar o título já na próxima etapa.
Completando o pódio vem os carros da Fiba Racing que ainda lutam pelo título de equipes. 
Próxima etapa será em Jerez na Espanha, outra pista travada e muito técnica. Será que Eduardo confirma seu bi-campeonato? Veremos em breve.







Eduardo Lima vence mais uma e é o franco favorito ao título do Corujão Insone T24!


Tivemos um novo desafio nessa temporada do Corujão. Agora os pilotos aceleraram numa das mais famosas pistas da Europa, Spa Francorchamps, com suas longas retas e a famosa curva eau-rouge, além de tudo isso, a corrida foi noturna e os pilotos tiveram que acelerar no escuro.
A pole position foi muito disputada e ficou nas mãos do líder do campeonato Eduardo Lima com 1.22.213, em segundo, no mesmo décimo, ficou Ítalo Almeida com 1.22.284.
Na largada tivemos vários incidentes na primeira curva, e Ítalo Almeida mais uma vez se envolveu num toque e rodou caindo para as últimas posições. Hiago e Henrique também rodaram e ficaram para trás.




No fim da grande reta foi a vez de Daniel Ramos se envolver em um incidente com Sergio Buch, caindo para o 10º lugar.
No segundo pelotão Luciano Tulio vai abrindo caminho contra os carros da Regular Racers.

No fim da primeira as primeiras posições eram do Eduardo Lima, Robberto Pereira, Osny e Claudio.
Daniel Ramos subindo a eau-rouge e fazendo sua corrida de recuperação.
Flavio Ribeiro foi a primeira vítima na eau-rouge após incidente com kareka,
Enquanto isso Osny Kniess perde o ponto de freada, sai da pista na curva 1 e tem que parar no pit para fazer reparo no carro.

Agora a briga pela segunda posição está entre Pereira, Claudio, João Santos, Buch e Rafael Alves
João Santos vai superando um a um e assume a segunda posição após largar nas últimas posições.
Disputa entre Thiago Azevedo e Marcelo Datti 
Eduardo Lima, na liderança, passa sufoco na eau-rouge após ultrapassar Ítalo Almeida com uma volta atrás.
E Roberto Pereira sai da disputa pelo segundo lugar após escapa na temida eau-rouge.
Luciano, Paulo Kareka lado a lado com Henrique Ferreira e Osny observando tudo.




Cláudio Araujo vai perdendo terreno e Daniel Ramos assume a quinta posição.
Após as paradas Osny vai recuperando posições e chega na sexta posição ao ultrapassar Rafael Alves.
Porém a quatro voltas do fim o pior acontece e Osny abandona a prova após um forte acidente com  Marcos Santos na eau-rouge.
Fim de prova e a vitória mais uma vez ficou com Eduardo Lima, líder absoluto na temporada.




O segundo lugar ficou com João Santos que retorna ao campeonato e conta com uma vitória na estreia em Portimão e promete quebrar a sequência de vitórias de Eduardo nas próximas etapas.
Com a punição de Sergio Buch a terceira posição ficou com Daniel Ramos que finalmente chega ao pódio após uma série de incidentes nas etapas anteriores.

Próxima etapa será no circuito de Laguna Seca, uma pista de travada e com poucos pontos de ultrapassagem.

Eduardo segue firme rumo ao bi-campeonato mas a briga pelo segundo lugar está muito acirrada. Enquanto que na disputa por equipes a Sub Racing se recuperou e ocupa a segunda posição empatado com a Fiba Racing.

Eduardo Lima vence em Road América e se torna favorito ao título!


A terceira etapa da temporada foi numa pista totalmente diferente das duas etapas anteriores. Road América nos Estados Unidos, pista com grandes retas ela é conhecida como Spa das Américas.
Nos treinos havia um grande equilíbrio na disputa pela melhor volta, mas no qualy privado Eduardo Lima fez uma volta fantástica e cravou a pole com o tempo de 2.07.013, seis décimos a frente de Ítalo Almeida.
Alinharam 22 pilotos no grid de largada, João Santos que venceu a primeira etapa mais uma vez não pode comparecer e a luta pela vitória ficaria mesmo entre Eduardo e Ítalo, seguidos pelos carros da Fiba e Sub Racing.

Na curva dois, Ítalo conseguiu superar Eduardo Lima e assumiu a liderança com Osny em terceiro e a Sub Racing logo atrás.
Mas na freada da reta oposta aconteceram alguns incidentes que desenharam um novo quadro para a corrida. Ítalo rodou e abandonou a prova, depois da forte disputa com Eduardo e Osny. Cláudio Araujo passou reto e foi pra brita caindo para a 11ª posição, Dyon Peterson também saiu da pista e perdeu a roda na batida no muro.
Com tudo isso as três primeiras posições ficaram bem definidas entre Eduardo Lima, OsnyKniess e Hiago Piloni que largou em nono e na primeira volta já estava em terceiro lugar.
E a batalha pela demais posições seria travada por um grande pelotão liderados no fim da primeira volta por Rafael Alves, pressionado por Daniel Ramos e seguidos por Alexandre, Pereira, Sergio Buch, Henrique, Marcelo Dati e Claudio Araujo.

Outro pelotão se formou entre Flavio Ribeiro, Nikolas, Thiago Azevedo, Christian Jardim e Paulo Kareka.
Enquanto isso as posições começavam a mudar. Aqui Roberto Pereira rodou e saiu da disputa direta pela quarta colocação. Henrique e Buch conseguiram desviar a tempo.
Christian Jardim e Flavio Ribeiro descem a reta lado a lado.
Nikolas e Thiago Azevedo em disputa na grande reta dos boxes.
Alexandre Ramos tentando segurar pressão de três carros pelo sexto lugar.
Rafael perde o quarto lugar após uma rodada na entrada do carrosel.
Cláudio Araujo trava intensa batalha com Henrique Ferreira por várias voltas.
Agora é Daniel Ramos que perde a quarta posição ao escapar no final da reta curva.
Rafael e Henrique lado a lado na freada da reta oposta.
 
Após os pits Cláudio trava disputa com Sergio Buch pelo quarto lugar.
A poucas voltas do fim os motores começam a sofrer e Hiago abandona a prova quando estava em terceiro.
Na mesma volta Sergio Buch perde o motor e Cláudio herda a terceira posição.
No final da prova Eduardo confirma o favoritismo e vence a segunda na temporada.
Osny cruza em segundo mas foi punido pelo incidente no começo da prova e terminou em terceiro lugar.
Cláudio Araujo que completou a primeira volta em 11ª cruzou em terceiro mas com a punição de Osny ficou com o segundo lugar na corrida.

Agora o desafio será em Spa com corrida noturna. Outra pista muito veloz e com a desafiante curva eau-rouge. Vamos ver se algum piloto consegue interromper essa sequência de vitórias do Eduardo embaralhando ainda mais a classificação do campeonato.