Contagem

Henrique Ferreira vence em Jacarepagua e embola campeonato!

A segunda etapa da temporada 23 ocorreu no saudoso circuito de Jacarepaguá no Rio de Janeiro. A pole ficou novamente com Eduardo Lima que marcou o tempo de 1.49.702, na segunda posição largou ítalo Almeida da Laika com 1.50.323.
Na largada tivemos uma confusão entre Ronaldo Carvalho e Flavio Ribeiro mas as primeiras posições foram mantidas.



Na curva quase todos passaram limpo, exceto pelo incidente entre Crystian e Anderson Berti.


1ª volta com intensas disputas no pelotão intermediário.





 Henrique Ferreira supera Cláudio Araujo para ganhar a quarta posição...


... e depois de algumas voltas ganha a terceira posição após uma escapada de pista de Alexandre Ramos. Ítalo Almeida se mantinha em segundo e Eduardo Lima em primeiro.


 Largando mais atrás mas fazendo uma corrida consistente Roberto Pereira luta por posições com os carros da Sub Racing.


E ainda nas primeiras voltas a primeira baixa. Ítalo Almeida tem falha no motor e abandona. Henrique Ferreira agora é o segundo colocado.


 Roberto Pereira superando Gilberto Turazzi com o corcovado ao fundo.


Após a parada nos boxes Anderson Berti havia ultrapassado Claudio Araujo mas após uma escapada de pista Claudio recupera a posição.


 Giberto Turazzi em perseguição a Hiago da Laika.


Eduardo Lima fez duas paradas no pit e vinha recuperando posições.


 Até que na aproximação com um retardatário roda no final da reta oposta.


Com a pista bastante abrasiva muitos pilotos fizeram duas paradas e voltaram atacando os que tinham optado por uma parada. Aqui Claudio se aproxima de marcos Barbosa e Hiago.


 Anderson Berti pressiona Thiago Azevedo até as últimas voltas.


Alexandre Ramos assumindo o quarto lugar ao ultrapassar Daniel Ramos.


 Mas nas últimas curvas escapa e perde a posição para Claudio Araujo da Sub Racing.


Ao fim de 25 voltas e com uma estratégia de apenas uma parada Henrique Ferreira conseguiu sua primeira vitória na temporada.


 Eduardo Lima que optou por fazer duas paradas teve que se contentar com o segundo lugar mas é o líder do campeonato e favorito ao título.


Roberto Pereira com uma corrida consistente e conseguiu o terceiro lugar e já aparece entre os primeiros colocados do campeonato.



Eduardo Lima vence na primeira etapa em Suzuka e dispara na liderança do Corujão T23

E começou a temporada 23 do Corujão com um recorde de 28 inscrições. A primeira etapa foi no circuito de Suzuka no Japão e dentre vários nomes conhecidos no grid, quem se destacou foi um estreante na liga. Eduardo Lima fez barba, cabelo e bigode nessa primeira etapa.
No qualy Eduardo cravou o tempo de 2.04.399, mais de 1 segundo a frente do segundo colocado Daniel Ramos.
Na largada Daniel Ramos assumiu a ponta...  





... Eduardo Lima e Hiago Malanios completavam as três primeiras posições.


Mas Daniel foi punido por ter queimado a largada e no fim da primeira volta Eduardo Lima já era o líder da corrida seguido pro Hiago da Laika.


 Na segunda volta ocorria o primeiro incidente da prova entre Claudio Araujo e Ítalo Almeida.


Mais atrás tínhamos várias disputas, aqui temos Helio Oliveira a frente de Ronaldo Carvalho e Flavio Ribeiro.


 Daniel Ramos vinha fazendo corrida de recuperação após cumprir o drive-thru e se aproximava de Fernando Lopes.


Aqui uma disputa entre Flavio Ribeiro, Gleydson Nahim e Claudio Araujo.


 Lá na frente Henrique da Regular Racers que havia largado em oitavo já assumia a segunda posição ultrapassando Hiago.


Roberto Pereira vinha disputando posições intermediárias contra os carros da Arsenal Motorsport.


 No meio da prova os 5 primeiros colocados no box, Eduardo já saindo enquanto mais atrás temos Henrique, Hiago, Ítalo e Daniel que fazia ótima corrida de recuperação.


Aqui Henrique ultrapassa Ronaldo Carvalho que foi o último a trocar pneus.


 Ítalo em perseguição ao seu companheiro de equipe Hiago pela terceira posição.


Nas últimas voltas ainda teríamos muita emoção. Cláudio que vinha perseguindo Thiago Azevedo se envolve em acidente com seu companheiro de equipe Gleydson Nahim.  


 Ítalo Almeida com problemas de combustível é superado por Hiago e Daniel Ramos.


E ainda houve tempo para Daniel assumir o terceiro lugar ao ultrapassar Hiago Melanios da Laika.


 No final tivemos a vitória de Eduardo Lima garantindo também a melhor volta da corrida.


Em segundo cruzou Henrique Ferreira da Regular Racers


 E em terceiro após ótima recuperação cruzou Daniel Ramos da Sub-Racing.


Com 3 pontos de bonificação Eduardo Lima dispara na liderança do campeonato que ainda terá mais 5 etapas e conta com descarte de uma corrida. Vamos para Jacarepaguá agora aguardando mais uma excelente corrida cheia de disputas.



Corujão T23 CBR - Mais uma temporada terá início!

Última etapa em Interlagos T22 do Corujão Insone Séries (SUB Racing X Regular Racers)
Na próxima terça dia 17 a Liga CBR dará início a mais uma temporada do Corujão Insone Séries, a de número 23 com o simulador automobilista e mod Porsche no circuito de Suzuka (Kansai). As novidades para essa disputa são: cinco minutos a manis de corrida (totalizando 45 minutos), estrategia de pit stop liberadas, sistema de pontuação, cadastro e protestos pela AVleagues e muito mais.

As equipes se reforçaram, atualizaram suas pinturas e prometem vir com tudo nas seis etapas do campeonato mais visceral do automobilismo virtual. Quem será que terá seu nome escrito no hall da fama CBR?

Até o momento 27 pilotos estão devidamente inscritos, restando apenas três vagas no grid oficial. O prazo de entrega das pinturas personalizadas já esgotou, mas ainda é possível participar com o carro genérico! Aproveite e venha correr conosco.

Ítalo é campeão do Corujão em noite mítica em Interlagos


E tivemos uma final sensacional na pista de Interlagos para encerrar a temporada 22 do Corujão. Uma novidade nessa corrida foi a largada no final da tarde e a bandeirada a noite onde obrigou os pilotos a se adaptarem com o uso dos faróis.
Os dois protagonistas da final eram Daniel Ramos e Ítalo Almeida que tinha a desvantagem de 8 pontos no campeonato. Mas já no qualy as coisas começaram a melhorar para Ítalo que mais uma vez fez a pole no minuto final com o tempo de 1.34.184, porém não foi tão fácil uma vez que até os 3 minutos para o encerramento a vantagem para o segundo colocado era de apenas 1 milésimo. Cláudio Araujo foi quem ficou com o segundo lugar do grid com o tempo de 1.34.500. O líder do campeonato largou apenas na 8ª posição.
A largada se deu com o pôr do sol e Ítalo manteve a liderança mas com Cláudio mantendo o segundo lugar e seguido de perto por Hiago da Laika.




Os três pilotos começaram a abrir vantagem para o pelotão, enquanto que Daniel lutava para se manter numa boa posição lutava com Henrique Ferreira da Regular Racers.




Henrique superou as Sub Racing e ia partir pra cima de Hiago.





Com as posições em pista Ítalo estava garantindo o título mas sofria enorme pressão de Claudio Araujo.




Daniel Ramos se mantinha em 5º lugar com problemas no freio do seu carro justamente na última etapa do campeonato, ele não conseguia andar no ritmo dos primeiros colocados, mas como Claudio continuava a pressão...




...e uma ultrapassagem sobre Ítalo daria o título ao seu companheiro de equipe.





Cláudio tentava de várias formas uma ultrapassagem e com isso Henrique e Hiago se aproximavam para entrar também na briga pela vitória.




Porém na nona volta foi a vez da Sub Racing ter a sua noite de “azar” e três de seus carros apresentaram problemas. Daniel já lutava com seus freios acionando em plena reta, Christian Jardim teve problemas com seu volante e Cláudio Araujo no auge da pressão sobre Ítalo teve problemas com o equipamento e passou reto na junção.



Com isso Ítalo só precisava garantir a vitória para conquistar o título, porém ainda havia uma ameaça chamada Henrique Ferreira.
Após os pits Henrique assumiu a liderança...




...mas errou na curva do lago e Ítalo reassumiu o primeiro lugar.




Daniel ainda tentou aproveitar o erro de Henrique mas não tinha condições de efetuar a ultrapassagem que lhe daria o título.




No fim dos quarenta minutos de prova Ítalo Almeida cruzou em primeiro lugar.




Seguido da surpresa da noite Hiago Melanios, garantindo o 2º lugar por equipes para a Laika.



Em terceiro chegou Henrique Ferreira que se mostra um forte candidato ao título da próxima temporada.



Com Daniel Ramos chegando em 4º lugar, Ítalo Almeida conquista o título com 1 ponto de vantagem e iguala o tri-campeonato conquistado anteriormente por uma lenda do Corujão, Yoshi Ebina.
Tivemos nessa temporada uma das mais competitivas, onde 5 pilotos diferentes venceram e 10 pilotos chegaram ao pódio.
A próxima temporada promete, com novas pistas e novo regulamento. Ítalo vai em busca de um inédito tetra-campeonato mas terá muitos adversários pela frente que vão lutar muito para entrar no Hall da Fama do Corujão.
Até breve....