Contagem

VT da final do Corujão Insone Séries T23 em Interlagos


Alê Ramos vence em Interlagos e Corujão T23 encerra com chave de ouro!




E chegamos a última etapa do campeonato. Os pilotos tiveram que enfrentar uma corrida noturna na
famosa pista de Interlagos, assim como ocorreu na temporada anterior. Com o título de pilotos já
decidido a briga agora era pelo título de equipes. E nessa briga quem saiu na frente foi a equipe
Laika que garantiu a primeira fila no grid de largada com uma pole inédita de
Hiago Melanios com 1.34.359, ao seu lado Alexandre Ramos fez 1.34.372. A prova prometia
muita competitividade com os dez primeiros colocados com menos de 1 segundo de diferença para o pole.
Na largada ainda com a luz do dia as Laikas mantiveram a ponta.
No fim da reta oposta Italo Ameida passou para terceiro superando Roberto Pereira.
Ainda na reta oposta ocorre o primeiro incidente entre Ítalo Borato e Gil Turazzi.
E no início da segunda volta Claudio Araujo roda no meio do pelotão caindo para as ultimas posições.
Com isso as primeiras posições ficam divididas entre as Laikas, seguidas pela Team Spirit, Regular
Racers e Sub-Racing.
As disputas por posição começam, aqui com Ítalo Borato e Robson Pimentel.
A noite vai chegando e todos ligam seus faróis enquanto Rafael Alves ataca Christian Jardim.
As Laikas vão abrindo caminho e se distanciando nas três primeiras posições.
Cláudio Araujo fazendo corrida de recuperação ataca Flavio Ribeiro.
Daniel Ramos ultrapassa Thiago Azevedo na subida do café.
Dion Peterson supera Marcos Barbosa e assume a quinta posição.
Gil Turazzi em perseguição a Flavio Ribeiro.
Rafael Alves na sexta volta erra e abandona a prova.
Ítalo Almeida Assume a segunda posição por fora.
Henrique Ferrei escapa no laranjinha e Daniel Ramos ganha mais uma posição.
E se aproxima para brigar pela quarta posição com Pereira e Dion Peterson.
Mas Pereira destraciona na saída da curva e perde várias posições.
A escuridão aumenta, a pista fica mais traiçoeira e Gil Turazzi bate na reta dos boxes abandonando a prova.


Thiago Azevedo e Christian Jardim travam um excelente duelo.
Claudio Araujo continua em recuperação e agora é perseguido pelos carros da Team Spirit.
Enquanto que lá na frente Ítalo Almeida assume a liderança da prova.
Após as paradas no box Daniel Ramos ataca Henrique Ferreira.
Dion Peterson com problemas abandona a prova quando ocupava o quarto lugar.
E na escuridão de Interlagos Claudio Araujo ultrapassa Henrique Ferreira na freada do “S” do Senna.
E quando parecia que as Laikas fariam um podio completo com seus três carros, eis que
a escuridão traiçoeira de Interlagos faz mais uma vítima com Ítalo Almeida batendo forte
na entrada da reta dos boxes e abandonando a prova.
Mas mesmo assim a Laika fez a festa com a dobradinha inédita na temporada com Alexandre
Ramos vencendo e Hiago Melanios repetindo seu pódio da última temporada em Interlagos.


Thiago Azevedo numa excelente corrida cruza em terceiro seguido de perto por Christian Jardim.


Com isso chegamos ao final de mais uma temporada de sucesso na Liga CBR. Eduardo Lima ficou com o
título, Henrique Ferreira foi o segundo colocado e Claudio Araujo por um ponto ficou na terceira posição
geral.
Por equipes a Laika conseguiu superar a Regular Racer na última prova e ficou com o título nessa temporada.


Nos vemos da próxima temporada se Deus quiser, acelerando esses porches só com pistas internacionais.
Um Feliz Natal e boas festas a todos os pilotos que participaram conosco.


Até 2020 !!!

Eduardo Lima vence em Kyalami e é o campeão do Corujão Insone T23 por antecipação!


A penúltima etapa do campeonato da Liga CBR foi realizada no clássico circuito de Kyalami na África do Sul,
circuito utilizado na década de 70 pela fórmula 1 e que proporcionou aos pilotos uma das corridas mais
disputadas da temporada.  A pole position ficou com Eduardo Lima com um tempo de 1.15.824 e ao seu
lado ficou Henrique Ferreira com o tempo de 1.16.099. Os dois líderes do campeonato prometiam uma
disputa particular pela liderança do campeonato, mas Henrique foi superado na largada
pelas Laikas de Alexandre Ramos e Ítalo Almeida. 
Na veloz curva 3 houve o primeiro incidente envolvendo Hiago, Vinicius Alves e Daniel Ramos.
No final da primeira volta uma disputa feroz no final do retão entre Claudio e Dion Peterson.
As seis primeiras posições no início da prova: Eduardo Lima, Alexandre, Ítalo, Henrique, Marcos Barbosa
e Roberto Pereira.
Daniel Ramos e Flavio Ribeiro descem lado a lado a grande reta.
Briga doméstica entre Dion Peterson e Thiago Azevedo.
Henrique começa a pressionar Ítalo Almeida, Eduardo Lima já vai abrindo vantagem para Alexandre.
Rafael Alves fazendo sua estreia pressiona Chistian Jardim da Sub Racing.
Henrique Ferreira escapa e os carros da Team Spirit se aproximam. Ítalo Almeida pressiona
Alexandre Ramos pelo segundo lugar.
Ítalo Borato começa a pressionar Flavio Ribeiro.
Roberto Pereira sai da pista na curva zero e sai da briga pelas primeiras posições.
Ítalo Almeida faz a ultrapassagem e assume a segunda posição sobre Alexandre Ramos.
Marcos Barbosa ataca Henrique Ferreira pela quarta posição.
Rafael Alves por fora faz ultrapassagem sobre Dion Peterson.
E as mudanças não param de acontecer, aqui Marcos Barbosa erra e Henrique Ferreira começa a
pressionar Alexandre Ramos.
E depois de algumas voltas de muita pressão, Henrique e Alexandre se envolvem num acidente e
Claudio ganha duas posições assumindo a terceira posição.
Aqui Rafael Alves roda e fica na contra-mão bem a frente de Marcos  e Dion Peterson.
Após as paradas no box Claudio Araujo assume a segunda posição mas começa a sofrer muita
pressão de Ítalo Almeida.
Que faz a ultrapassagem saindo de lado no fim da grande reta.
Mas Claudio não desiste a recupera a posição enquanto Henrique se aproxima para também entrar
na briga pela segunda posição.
Mais atrás Paulo Kareka sofre pressão de Thiago Azevedo da Regular Racer.
E na disputa pelo segundo lugar Ítalo leva a pior contra Henrique Ferreira. 
Outras brigas literalmente saem faíscas, Thiago Azevedo, Flavio Ribeiro e Paulo Kareka.
Enquanto que a briga pelo segundo lugar agora fica somente entre Claudio e Henrique
que faz a ultrapassagem antes do mergulho do S.
Mas a disputa continua agora com Claudio fazendo pressão sobre Henrique.
Pela quarta posição a briga agora é entre Roberto Pereira e Ítalo Almeida.
E na última volta Claudio Araujo é premiado com o segundo lugar após erro de Henrique Ferreira.
Eduardo Lima que aproveitou todas as disputas dos adversários para abrir uma grande vantagem
venceu a corrida com tranquilidade.
Roberto Pereira ficou com a terceira posição após abandono do Ítalo Almeida e punição do Henrique Ferreira.


Com a punição sofrida pelo Henrique Ferreira, Eduardo Lima conquista o título com uma prova de antecipação. 
A última etapa será disputada em Interlagos e como na última temporada teremos a largada
no fim da tarde e a chegada será a noite. Portanto regulem seus faróis e venham fechar com
chave de ouro essa temporada com grandes disputas.


Resultado após 36 voltas em Kyalami.